Arquivo de Abril 13, 2010

For the Love of God

Posted in Músicas, Reflexões on Abril 13, 2010 by lapicta

Esse é um vídeo que dispensa maiores explanações. Essa música me faz lembrar de tanta coisa boa, de tantas pessoas viscerais que conheci e de uma época muito lúdica da minha vida. Me faz pensar em ações de valor, em pessoas de sabedoria…a mera sabedoria de se colocar em seu devido lugar, em estender as mãos sem esperar nada em troca…pela simples troca de amor, pelo reconhecimento de uma fraternidade que vem da espécie…que a natureza, o fato de ser do gênero humano.

Acho que serve muito bem também como um “fica na sua” para pessoas que se dizem “espiritualizadas” e que adoram “pregar” o “faça o que eu digo” mas suas atitudes não condizem… gente que gosta de pregar uma certa anarquia mas que na realidade, prefere jogar os que estão ao redor no poço ao invés de pular já que tem tanta ânsia por entender esse sentir do Desconhecido…mas claro, não fazem isso simplesmente pq não possuem CORAGEM, são prisioneiros de si mesmos e de tantas outras pessoas apesar dos gritos de rebeldia (da família, do sistema, da vida que construiu).

Eu sempre fui uma pessoa observadora e quieta, de um silêncio muito incômodo e o mais engraçado é que, geralmente quem mente, quem vive de mentiras, que fala demais e faz pouco, gente que bate no peito como se fosse muito senhor de si, discretamente dá uma tossidinha pq não está preparado para a força desse bater no próprio peito e se assumir, rs, e aí, eu e meu grande espelho, acabamos por repelir esses “mascarados”, pq eu sinceramente, tenho nojo de gente que não sabe assumir quem é ou assumir as fraquezas. Na minha opinião, não existe beleza maior do que o nosso maior defeito enqto humanos (desde que tenhamos humildade para nos reconhecermos como somos).

Isso sempre me rendeu reflexões dantescas sobre a condição humana…e eu cheguei a uma conclusão – ainda paliativa, é fato – de que se fôssemos tão iluminados como tantos acreditam, já estávamos desencarnados e que para trabalhar por um certo Coletivo que se pode classificar como humanidade é preciso de verdade querer bem às pessoas, e não fazer uso delas como bem entende e se daí o brinquedo não funciona como achávamos, simplesmente a gente vai e joga de lado ou termina de quebrar o brinquedo com defeito…nem agir como um ladrão e ir roubando os tesouros que por ventura ela tiver dentro de si pq fato é: todos temos lixo por dentro…então, vamos parar de bancar semi-deuses e nos resumir em nossa insignificância pq esse é fato de fato: somos poeira, somos nada… não existem pessoas especiais, iluminadas, detentoras de verdades, detentoras de chaves que abrem portões de conhecimento…pois se assim fosse…ah colega, tinha uma galera ENORME já lá do “Outro Lado”. Deixe o Conhecimento para as energias e mundos pertinentes. Nós não possuímos a pureza de alma necessária para ter nas mãos tamanho poder…então, pare de se achar especial ou muito valoroso…vc é igual àquela pessoa do seu lado sabe? exatamente aquela que você abomina, ri, julga e mais: difama…acredite: todos temos o que merecemos…e se vc está em alguma “merda”, pode crer que foi você mesmo quem perseguiu isso…quem não caminha pelo mundo em verdade de coração, só encontrará pedras para colocar na mochila…ao ponto de que qdo for perceber, a vida se tornou algo tão insuportável…tamanha a quantidade de fantasmas que te perseguem.

Anúncios
%d bloggers like this: