Mais reflexões de uma mente prolixa…

Eu tenho tentado fugir um pouco das minhas “densidades”, mas não adianta, risos, o que somos é o que somos…sempre…

Eu tenho corrido muito, tenho estado em muitos lugares, como a simbologia da carta “O Mundo” do tarot na sua mais literal explicação.

Mas ainda assim, naquela brecha entre o tempo e o pensamento – algo como o que dizia Clarice, sobre o mundo que existe nesse “vão” – eu ainda ouço e sinto: o som do que vem com o vento, a sensação do espírito vagando numa imensidão sem limites ou paragens, da brevidade das coisas e da vida, do quanto que acontece sem que se dê conta…do tempo acontecendo em e com a gente….

E no fim, a vida é sempre uma celebração: algumas vezes com risos, outras, com lágrimas. Viver é um negócio assim, muito louco. Na calada das madrugadas, no mais profundo silêncio da noite ou no preciso momento antes que o sol venha de novo, me pego pensando e sentindo … e fechando os olhos e indo…indo…

Novo ciclo…bienvenido sea.

Assim como as cálidas brumas que vejo em meu real horizonte atual, paisagens de amanhecer com nevoeiros…com aquela tão querida luminosidade do sol acima, como uma luz que sai da fronte da natureza quando chega a Primavera.

Tiema luz de porcelana
tres estrellas en tu almohada
y la miel
y la miel de tu mirada

El misterio de tus manos
es aquel que el cielo extraña
y lo que el viento
lo que viento quiere ser

Nace un mundo cuando hablas
caen las hojas cuando callas
y en tus ojos vive un dios
La belleza está grabada
en tu espalda y en tus alas
Si caminas arde el mar… arde el mar

Llueve plata cálida
sobre el rio que bendices
y al lorar
crece un árbol de cristal
Cuelga el cielo de tus pies
y yo te enseñare a caer
se tu me invitas
tú me invitas a volar

Nace un mundo cuando hablas
caen las hojas cuando callas
y en tus ojos vive un dios
La belleza está grabada
en tu espalda y en tus alas
Si caminas arde el mar… arde el mar

Arde el mar, arde el mar…

Uma resposta para “Mais reflexões de uma mente prolixa…”

  1. Tenho me sentido péssima comessa correria.
    preciso encontrar a minha brecha entre o tempo e o pensamento.
    Tá difícil, amiga. Tá dificil.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: