Um dia Complicado

Eu não tenho muito o hábito de fazer do blog um “diário” contando como foi meu dia ou coisas do gênero…
basicamente por eu achar que não é nada interessante e também por questão de perfil meu mesmo (reservada).
Mas hoje eu quis abrir uma exceção quanto a isso para tentar organizar meu caos interno…talvez no final nem soe
como sendo uma confissão ao estilo “meu querido diário” vejamos como eu consigo me expressar por aqui.

Não, meu dia não foi lindo…foi pesado, estressante e me chateou um bocado.

Passei desaforo e um stress do cão no período da manhã…senti tanto ódio que eu tremia na mesa de trabalho…suava de raiva e fiquei envenenada de uma forma que eu não ficava a cerca de 1 ano.

E eu, extrema como sou, transbordei igual tsunami, ressaquei feito mar…e trouxe de volta à beira de minha praia oferendas que pensei terem sido despachadas e aceitas…misturando tudo:
pois é… a rebordosa trouxe reações à problemas passados com pessoas do presente e que nem de longe tiveram a mesma atitude.

Ficou gritantemente evidente a quantidade de cicatrizes que possuo e o quanto certas coisas ainda não se curaram…as marcas deixadas e como às vezes ao invés de me curar eu prefiro seguir andando mesmo que me arrastando…e não sei se isso é passível de mudança em mim…

Talvez cada um tenha seu “jeitão” de resolver as pendengas que carrega: tem os que fingem indiferença, os que estancam sem se mover e a minha turminha: os que seguem em frente nem que seja na marra e meio como o louco do tarot, como que sem notar o que carrega ou o q está ao redor ou até o que deixa caído na trilha.

Creio que aprendi algo hoje pela dor…e nisso tento rever minha postura perante as pessoas e o que elas efetivamente acham de mim e a imagem que projeto…como também me convenço de que às vezes nós encontrarmos gente que nos faz pensar em pessoas do passado, em gente que só pisou na bola  conosco…e nossa…como me arrependi de ter tido essas reações com gente que nada me fez..pq percebi que magoei de maneira muito gratuita e pequena…saltou aos meus olhos o quanto posso ser ignorante, bruta, rude e grossa sem motivos e a minha dantesca sutileza de elefante…a total falta de tato quando meu emocional rola sem freio.

O que me resta é pedir desculpas por algo que nem faz muito sentido nem tem nexo… por pura vibração mesmo e por um sentir que talvez esteja apenas no que posso chamar de “Universo Particular” como diz a música da Marisa.

Eu não sei se conseguirei reverter isso com meras desculpas a quem eu talvez tenha magoado (nem disso tenho certeza…talvez a pessoa só pense que sou louca varrida e pronto)…mas preciso tentar…pq sou assim mesmo: não suporto a idéia de me manter assim e agindo dessa maneira…ter vergonha de si próprio é “fim de carreira” como diz a língua do povo.

E como a vida tem senso de humor negro, no final, vejo que terei de buscar o que preciso aprender a dar aos outros: o famigerado perdão – que para mim é a palavra do ano.

Essa virada de ano eu pensei muito em todos os espinhos que colhi…e entendi que preciso perdoar muita coisa de muita gente e também me perdoar…pq percebo que não fazer isso deixa o coração da gente seco e amargurado…e para uma criatura emotiva como eu, isso é quase como ser vegetal (preciso sentir a vibração sensorial da harmonia e do afeto em tudo…do contrário os dias perdem as cores).
Fora outras coisas que pensei sobre mim e acredito que precisam de mais equilíbrio…preciso amadurecer muitas reações e sensações em mim.

Espero ter “cojones” para isso, pois meu jeito introvertido não é dado a ser muito expressivo …e eu sou tímida por
mais que muita gente ache que não (a velha imagem que as pessoas projetam de mim e que nem sempre é real).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: