Arquivo de Abril, 2011

Planet Caravan – Black Sabbath

Posted in Músicas, Reflexões on Abril 28, 2011 by lapicta

Planet Caravan

We sail,
through endless skies,
stars shine like eyes,
the black night sighs.
The moon,
in silver trees,
falls down in tears,
light of the night.
The Earth,
a purple blaze,
of sapphire haze,
in orbit always.
While down,
below the trees,
bathed in a coll breeze,
silver starlight breaks down the night.
And so,
we pass on by,
the crimson eye,
of great god Mars,
as we travel…
the universe…

Caravana Planetária

Nós velejamos,
Por céus infinitos
As estrelas brilham como os olhos
A noite escura suspira.
A lua,
Em árvores prateadas
Cai em lágrimas
A luz da noite.
A terra,
Uma chama púrpura
De uma neblina cor de safira
Sempre em órbita.
Enquanto descemos,
Dentre as árvores
Tomamos banho na brisa fresca
A luz prateada das estrelas rompe a noite.
E então,
Nós passamos perto,
Do olho vermelho
Do grande Deus Marte
Enquanto viajamos
Pelo universo…
Anúncios

Lady Evil – Heaven and Hell

Posted in Músicas, Reflexões on Abril 28, 2011 by lapicta

Letra Interessante para o Período…

Lady Evil

There’s a place just south of Witches’ Valley
Where they say the wind won’t blow
And they only speak in whispers of her name
There’s a lady they say who feeds the darkness
It eats right from her hand
With a crying shout she’ll search you out
And freeze you where you stand
Lady Evil, evil
She’s a magical mystical woman
Lady Evil, evil in my mind
She’s queen of the night, but alright, mmm-m
In a place just south of Witches’ Valley
Where they say the rain won’t fall
Thunder cracks the sky, it makes it bleed, yeah
There’s a lady they say who needs the darkness
She can’t face the light
With an awful shout, she’ll find ya out
And have you before the night
Lady Evil, evil
She’s a magical mystical woman
Lady Evil, evil on my mind
She’s a queen of the night
So if you ever get to Witches’ Valley
Don’t dream or close your eyes
And never trust your shadow in the dark
‘Cause there’s a lady I know who takes your vision
And turns it all around
The things ya seen are what to be, lost and never found
Lady Evil, evil
She’s a magical mystical woman
Lady Evil, evil on my mind
She’s queen of the night
Gonna do you right
She’s the queen of sin
Look out she’ll pull you in
Lady Wonder

Senhora Maldade

Há um lugar exatamente no sul do Vale das Bruxas
Onde eles dizem que o vento não soprará
E eles só falam sussurrando o nome dela
Há uma senhora que dizem que alimenta a escuridão
Que come diretamente da mão dela
Com um grito ela te procurará
E te congelará onde você estiver
Senhora Maldade, maldade
Ela é uma mulher mágica, mística
Senhora Maldade, o mal em minha mente
Ela é a rainha da noite
Em um lugar exatamente no sul do Vale das Bruxas
Onde eles dizem que a chuva não cairá
O trovão racha o céu, que te faz sangrar, sim
Existe uma mulher que eles dizem que precisa da escuridão
Ela não pode enfrentar a luz
Com um grito terrível, ela te descobrirá
E te possuirá durante a noite
Senhora Maldade, maldade
Ela é uma mulher mágica, mística
Senhora Maldade, o mal em minha mente
Ela é a rainha da noite
Então se você alguma vez chegar ao Vale das Bruxas
Não sonhe ou feche seus olhos
E nunca confie na sua sombra na escuridão
Pois há uma mulher que eu conheço que leva a sua visão
e vira tudo de pernas pro ar
As coisas que você vê, são elas de fato perdidas e encontradas
Senhora Maldade, maldade
Ela é uma mulher mágica, mística
Senhora Maldade, o mal em minha mente
Ela é a rainha da noite
Te fará bem
Ela é a rainha do pecado
Preste atenção, ela te puxará!
Senhora mistério!

Rush – Closer To The Heart

Posted in Músicas, Reflexões on Abril 14, 2011 by lapicta

Um desejo antigo…o de que todos tenham mais coração:  nas atitudes, na mentalidade, nos vínculos, nas decisões…em todos os momentos.

Closer To The Heart

And the men who hold high places
Must be the ones who start
to mold a new reality
Closer to the Heart
Closer to the Heart
The Blacksmith and the Artist
Reflected in their art
They forge their creativity
Closer to the Heart
Yea, CLoser to the Heart
Philosophers and Plowmen
Each must know his part
To sow a new mentallity
Closer to the Heart
Closer to the Heart
You can be the Captian
And i will draw the chart
Sailing into destinity
Closer to the Heart
Closer to the Heart
Well,Closer to the Heart
Yeah, Closer to the Heart
Close to the Heart
I said, Closer to the Heart

Mais Próximo do Coração

E aqueles que ocupam altos cargos
Devem ser os que devem começar
A moldar uma nova realidade
Mais próxima do coração
Mais próxima do coração
O ferreiro e o artista
Refletidos em sua arte
Forjam sua criatividade
Mais próxima do coração
Yea, mais próxima do coração
Os filósofos e os agricultores
Cada um deve fazer a sua parte
Para semearmos uma nova mentalidade
Mais próxima do coração
Mais próxima do coração
Você pode ser o capitão
E eu traçarei o mapa
Para velejarmos a um destino
Mais próximo do coração
Mais próxima do coração
Bem, Mais próxima do coração
Yeah, Mais próxima do coração
Mais próxima do coração
Eu disse: Mais próxima do coraçao

Radiohead – Fake Plastic Trees

Posted in Músicas, Reflexões on Abril 7, 2011 by lapicta

Essa aqui é especial para quem entende metáforas.

Mas não espero que todos compreendam mesmo… Pois existem os que vestem as carapuças de graça,assim como os que não tem lucidez pra entender.

Essa aqui vai para quem tem um pouco mais de tutano…que se pergunta o porquê de algumas ou muitas coisas…o motivo de tantos sorrisos amarelos e de algumas Sombras crescerem tão virtiginosamente entre as pessoas.

Enfim…fica meu brado:

Evoé à cretinice humana!!!

…que é algo assim, como o mato maria-sem-vergonha… cresce até na beira da estrada.

Fake Plastic Trees

Her green plastic watering can
For her fake Chinese rubber plant
In the fake plastic earth
That she bought from a rubber man
In a town full of rubber plans
To get rid of itself
It wears her out, it wears her out
It wears her out, it wears her out
She lives with a broken man
A cracked polystyrene man
Who just crumbles and burns
He used to do surgery
For girls in the eighties
But gravity always wins
It wears him out, it wears him out
It wears him out, it wears him out
She looks like the real thing
She tastes like the real thing
My fake plastic love
But I can’t help the feeling
I could blow through the ceiling
If I just turn and run
It wears me out, it wears me out
It wears me out, it wears me out
If I could be who you wanted
If I could be who you wanted all the time
All the time…

Falsas Árvores de Plástico

O seu regador verde de plástico
Para a sua falsa planta artificial
Na terra artificial de plástico
Que ela comprou a um homem de borracha
Numa cidade cheia de planos de borracha
Para se livrar de si mesma
Isso a desgasta, isso a desgasta
Isso a desgasta, isso a desgasta
Ela mora com um homem quebrado
Um homem de polistireno lascado
Que apenas se destrói e se queima
Ele costumava fazer cirurgias
Para garotas nos anos 80
Mas a gravidade sempre vence
Isso o desgasta, isso o desgasta
Isso o desgasta, isso o desgasta
Ela parece a real coisa
Ela tem o gosto real
Meu amor artificial de plástico
Mas não posso evitar o sentimento
Eu poderia explodir através do teto
Se eu simplesmente me virar e correr
Isso me desgasta, isso me desgasta
Isso me desgasta, isso me desgasta
Se eu pudesse ser quem você deseja
Se eu pudesse ser quem você deseja o tempo todo
O tempo todo…
%d bloggers like this: