Arquivo de Dezembro, 2011

As peregrinações da Alma

Posted in Reflexões on Dezembro 31, 2011 by lapicta

E enquanto as pessoas contam os minutos…um pouco de acidez mental, rs.

Recentemente li uma frase que dizia algo como não ser necessário mover-se fisicamente para renovar, esvaziar as mochilas da alma e coisa do gênero…

E então que, baseada um pouco nessa quase-frase reproduzida,  chego à conclusão de que, para mim, 2011 foi um ano em que minha alma passeou por diversos lugares dentro dela mesma…onde provou o doce e o amargo, onde reviu conceitos e buscou ver tudo o que lhe passou à frente sobre distintas e milhares de óticas as quais eu não partilhei e nem partilho…sempre buscando justificativa ou sentido para meu questionamento: “Pq?”.

Como acontece com todos e é usual, conheci boas pessoas, descobri lobos em peles de cordeiro, relativizei com os assumidamente óleo para a água que sou, limpei meu lixo e partilhei minha mesa com todos…sem rótulos ou outra frase que o valha.

Estar no mundo para mim sempre foi observar, matutar e agir… se me tocasse, se me agredisse, se aquilo encontrasse eco, qualquer que fosse…mas entendi que nem sempre se envolver  e etecéteras é sinônimo de outra coisa que não seja mais confusão, mais deturpação…hoje observo…ainda mais que antes…e na maior parte das vezes só observo e sigo minhas  peregrinações…sejam do corpo ou da alma, mais nada. A velha lição do cada um com seu cada qual finalmente viscerou em mim? Talvez…mas não paro mais para pensar sobre isso… eu continuo seguindo, em paz.

Fato é que não escrevo mais como escrevia pois “tô de bode”, rs… as pessoas tem se tornado monótonas e previsíveis muitas vezes… incluso quem até então mostrava-se diferente, decente, transparente e qualquer outro “ente” que eu pudesse vir a adicionar…e existe um lado meu que quer acreditar em lados negros mais aceitáveis (pois todos temos um) …em valores bons, em atitudes valorosas, em sinceridade nem que isso signifique um murro na cara…afinal, “show yourself” certo? Vem aqui e me diz na cara quem vc é de verdade…rs… mas as pessoas tem medo…de se expor, de terem defeitos, de seus desejos, da honestidade…como se o outro não fosse aguentar… e daí eu digo: “Qual é??? O mundo é duro…só vai te destruir quem você permitir…ou se eleger o restante como o mais forte que você…tenha fibra!” … mas enfim… novamente “cada um com seu cada qual” …. tenho vivido e aprendido…comendo o fruto doce e o amargo pois disso é feita a vida mesmo.

Essa semana uma amiga me disse: “é a natureza humana, não existem justificativas ou motivos”…. e isso me deu mais bode ainda, risos…essa máxima é velha, todo mundo a recita como se arrotasse após se deleitar de uma refeição daquelas…mas é que sou capricorniana…teimosa e que dá com os cornos até o muro quebrar ou ter uma dor de cabeça daquelas!!! Rs…mas chover no molhado é cansativo….

Meio cansada de “brigar” com as pessoas (pois o mundo, o planeta não tem nada a ver com isso) , sigo minhas peregrinações…de alma ou de corpo… novamente: “vivendo e aprendendo a jogar”.

Antes que eu soe como ingrata, de maneira alguma que sou! Tive bênçãos em 2011 que pessoas numa vida inteira não têm…conquistei muitas coisas …então sou uma abençoada por tantas coisas boas conquistadas, por saúde, por amor, por prosperidade por lições aprendidas e por toda a sorte de acontecimentos que tive nesse ano gregoriano que passou e que me promoveram as Peregrinações do título desse Post.

Viver é uma coisa fantástica mesmo! Te transforma como você nunca pode supor…te destrói, constrói, derruba e levanta num piscar de olhos, te veste e te desnuda…não existe mesmo perfeição…existem Escolhas…e eu cada vez mais aprendo a valorizar as minhas.

Ano sem arrependimentos mesmo…só com colheitas pra lá de proveitosas.

E que 2012 venha com tantos aprendizados quanto! Pois não faço resoluções de final de ano gregoriano…a renovação não é mera virada numérica.

Anúncios

Mais um final de ano…

Posted in dia_a_dia, Reflexões on Dezembro 22, 2011 by lapicta

…e eu em período de silêncio… fase de pensar muito, assimilar…porém não com geração de palavras concretas… se sempre fui da turma do Sentir, ultimamente mais do que nunca.

Sendo assim, mantenho meu momento “músicas que falam por mim”. Sobre lições, sobre reflexões e sobre conclusões…

E que venha 2012!

%d bloggers like this: